web analytics
domingo , 28 maio 2017
Home / Destaque / Advogada vira prostituta e ganha fortuna por sexo: ‘faço porque gosto’

Advogada vira prostituta e ganha fortuna por sexo: ‘faço porque gosto’

Ex-Professora de Direito ganha até R$ 500 por hora fazendo programas sexuais.

Professora do Sexo

Cláudia Machi. Esse é o nome da bela que decidiu largar toda uma carreira no direito para se dedicar à profissão mais antiga da humanidade, a de prostituta. Aos 34 anos, ela tem ido muito bem, obrigada, nos novos negócios. Por uma hora de sexo, a bela advogada cobra R$ 500. Em entrevista ao G1, a mulher que tem hoje 34 anos se mostra provocante e desinibida ao falar da nova forma de viver. A hoje acompanhante de luxo decidiu mudar de vida ainda no ano passado, quando foi demitida de um cargo alto em uma universidade. Ela era professora de direito. Com 11 anos de profissão, ela tinha especializações, mas sua inteligência não foi suficiente para que ela mantivesse o emprego.

Demitida sem explicações e com muitas contas a pagar, ela decidiu entrar em uma vida que é vista de forma muito preconceituosa pela sociedade. A mãe de Cláudia, no entanto, a apoio, dizendo que essa seria a melhor decisão que ela poderia tomar. Tudo porque sua hereira não tinha filhos, não era casada, tampouco queria se candidatar a qualquer cargo público. O chamariz para a nova profissão ela já tinha. Com um corpão e loira, ela saiu da cidade de Bonito e foi morar em Brasília. Cláudia confessa que no início tinha muito medo, achava que encontraria tarados, mas que aos poucos foi descobrindo que as coisas não são bem como parecem.

Antes de se dedicar à uma vida de sexo por dinheiro, a acompanhante que hoje se identifica como Simone Steffani, já escrevia um blog sobre o tema. Esse blog foi mantido e aperfeiçoado. Nele, ela dá até dicas para como os clientes devem tratá-la n hora ‘H’. Simone ainda confessa que faz tudo porque quer. “Gosto do que faço”, disse ela, que garante ainda poder escolher com que clientes vai transar. Sem medo de mostrar o rosto, ela publica muitas fotos em redes sociais. Imagens ousadas que fazem muitos homens fazerem de tudo por uma hora ou mais de prazer.

E parece que nem a crise financeira atingiu o negócio da bela garota de programa. Cobrando R$ 500 por programa, ela precisa criar agenda para atender todos os interessados.

http://br.blastingnews.com/brasil/2016/06/advogada-vira-prostituta-e-ganha-fortuna-por-sexo-faco-porque-gosto-00975379.html?yptr=yahoo&ref=yfp

Veja Também

‘Quem não deve não teme’, diz dono de 30 sites de pornografia amadora

Proprietário do Brasil Tudo Liberado, um dos maiores sites de pornografia amadora do Brasil, que ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *